< CULTURA CÉU

 

Iolanda Abero Sá (31.7.1925 - 4.1.2006)

Nasceu às margens do Arroio da Mina/ Aceguá, então município de Bagé, divisa entre Brasil e Uruguai. Filha de José Pablo Cáceres Abero e Francisca Noble Abero.
Lecionou no Ginásio Espírito Santo, onde se formara e, posteriormente, em casa como professora particular.
Casou-se com César Kluwe com quem teve os filhos Francisco, Sarita e Stella.
Era exímia cozinheira e doceira. Apegada às origens, notadamente aos pais e avós, bem como aos filhos e irmãos, fez desse apego o foco central de sua poesia, repassada de um toque nostálgico e sutil.
Além de publicações pelos Manifestos Poéticos do Cultura Sul, deixou o livro "De Cidra e Mel". //VEJA POESIA ILUSTRADA//