< Voltar página Poetas

Ada Maria Machado Guimarães

Nascida em Dom Pedrito, filha de Ulisses Bastos Moreira Guimarães e Dorotéa Merícia Machado Guimarães.

Também, destaca na família: sua irmã Ivete Beatriz Guimarães Severo, a sua sobrinha e afilhada em Salvador (BA), Christian Guimarães Severo e Lourival Novaes Figueira(Val); em Bagé (RS), o seu sobrinho e afilhado também Daniel Guimarães Severo e sua esposa, e o Luís Henrique que chegou em julho 2011.

Possui publicações em “Antologias Poéticas”, em parceria com outros poetas. Professora da URCAMP/Bagé (Cursos de Letras, Pedagogia, Administração de Empresas e Ciências Contábeis), entre outros em que atua, lecionou também Língua Portuguesa nos Cursos Fisioterapia e Enfermagem).

Seu nome integra os Dicionários “Dicionário Crítico Literário de Escritoras do Brasil”, de Nelly Novaes Coelho, da abalizada também crítica e literata, com biografia registrada ; e “Dicionário de Mulheres do Brasil”, de Hilda Flores Hübner, magnânima historiadora e pesquisadora; e na obra “Literatura em Dom Pedrito”, do pesquisador Adilson Nunes de Oliveira.

Também é musicista (piano) e Mestra em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul/ PUCRS. Colaboradora em jornais de Dom Pedrito (Ponche Verde) e Bagé (Correio do Sul e Minuano), com artigos publicados na Revista de Letras/PUCRS, jornal “Braças Literárias”. Foi a “ Patrona da VI Feira do Livro de Dom Pedrito”, em 2010. Atuação em escolas do Estado: Escola Normal 1º e 2º Graus “Nossa Senhora do Horto” e E.E. 1º e 2º Graus “Bernardino Ângelo” (DP); E.E. 1º e 2º Graus “Plácido de Castro” (Porto Alegre-RS); e E.E. de 1º e 2º Graus “XV de Novembro” e E.E.de 2º Grau “Dr.Carlos Kluwe”(Bagé).

Integra o CORPERS/ Conselho de Professores de Espanhol Rio Grande do Sul; com atuação em Bancas Examinadoras de “Português para Hablantes Hispânicos”, em universidades de Buenos Aires/Argentina. Integra o “Cultura Sul” (Bagé), “Sesmaria Cultural” (Dom Pedrito) e é da “Academia do Fato Literário” (Porto Alegre). Recebeu o “Título de Pedritense Ilustre”, em 1990, recebeu o Título de“Cidadã Bageense” em 2011, pelos trabalhos dedicados à Educação, à Literatura e à Cultura na comunidade de Bagé (RS), região- fronteira e no Rio Grande do Sul. Apresentou pesquisa científica (2011), no I Encuentro Internacional de las Ciencias Humanas y Tecnológicas para la integración en el consur - Internacional del Conocimiento: Diálogos en nuestra América” .

//Conheça um pouco da poeta//